Como a assessoria de imprensa pode alavancar o seu negócio?

Imagine a seguinte situação: durante a pandemia, eu decido abrir o “negócio dos meus sonhos”. Para que seja bem-sucedido, sigo à risca as recomendações de como planejar e lançar o meu projeto: defino o meu público-alvo, faço uma análise da concorrência, crio o posicionamento e a identidade da minha marca, estipulo um plano de ação com metas e objetivos a serem cumpridos. A minha proposta é inovadora dentro da área que se propõe a atuar e audaciosa diante de um período desafiador para muitas empresas. E, apesar desses pontos positivos, percebo que o “negócio dos sonhos” ainda não decolou.

Com a baixa procura pelos “serviços dos sonhos”, eu crio um site e uma rede social na esperança de que essa situação se reverta, mas o acesso em ambos os canais ainda não é expressivo. E eu me pergunto o que estou fazendo de errado. Provavelmente, a resposta é: nada. Esse cenário hipotético apresenta uma frustação a respeito do retorno desse sonho e a verdade é que muitos fatores podem interferir, entre eles, o tempo. Abrir uma empresa é um investimento de médio a longo prazo, sendo que alguns especialistas apontam um prazo de até dois anos para atingir a estabilidade. Durante esse tempo, o empreendedor deve se esforçar ao máximo para que seu projeto se consolide. Mas, por onde começar?

Posicionamento é a alma do negócio

Você já deve ter ouvido muitas vezes que “comunicação é a alma do negócio” e, de fato, – a área de comunicação está entre os principais investimentos a serem feitos. É importante compreender que essa área não se resume a publicações no Instagram ou a um bom site. Estar no ambiente digital certamente é um bom primeiro passo, mas, além de disputar espaço com uma vastidão de marcas (muitas vezes já consolidadas), seu conteúdo também vai disputar atenção com vídeos engraçados, dicas de beleza e outros conteúdos predominantemente virais.

Aliado à presença digital, a marca precisa de posicionamento, ou seja, estar entre as principais empresas da sua área para que o público a identifique e a reconheça como uma boa opção. É nesse ponto que a atuação da assessoria de imprensa se destaca entre as ações mais eficazes em relação a estratégia, pois a partir do relacionamento com os veículos, todo aquele perfil criado para o “negócio-dos-sonhos” passa a ser conhecido entre jornalistas da área. O contato constante fornecendo informações de relevância jornalística faz com que a sua empresa passe a ser reconhecida como “autoridade” e, desta forma, seja mais procurada espontaneamente para reportagens e pelo próprio público.

Reputação e credibilidade

O que nos leva a segunda vantagem do trabalho de assessoria: a credibilidade. A imprensa está sempre em busca de fontes qualificadas para reportagens como forma de garantir também a sua credibilidade jornalística. Isso significa que, ao estar em uma publicação, o autor daquela matéria reconhece a importância do seu negócio na sua área de atuação. Nesse sentido, o assessor de imprensa atua como uma ponte entre o seu projeto e a apuração do repórter, atendendo ao interesse de ambos.

Desviando de possíveis crises de imagem

Com o investimento em exposição e a presença digital, quem não tem medo do cancelamento? A assessoria de imprensa também ganha um papel relevante ao gerenciar crises, garantindo a melhor e mais apropriada comunicação junto aos jornalistas diante de situações de risco. Ter uma imagem “limpa” durante o processo de consolidação da marca é ainda mais importante do que crescer e está diretamente ligado a uma boa reputação. “Falem bem ou falem mal, mas falem de mim” é uma estratégia de exposição mais arriscada do que parece, porque desconsidera a vulnerabilidade que cada situação impõe.

O gerenciamento de crise deve ser incluído como prevenção e previsto dentro de um planejamento de comunicação maior. A contratação de uma agência como a Mira Comunicação te ajuda olhar para todos os aspectos que envolvem o relacionamento com a imprensa aliado com as demais áreas da comunicação.

Veja mais conteúdos como esse no Blog.

Leia mais sobre:
Menu
× Olá! Como posso te ajudar?